quinta-feira, 24 de maio de 2012

O quadro de honra


A ALUMNI, Associação dos Antigos Alunos de Económicas comemorou ontem o centésimo primeiro ano da criação do ensino desta disciplina, tendo resolvido inaugurar um "quadro de honra" dos seus alunos mais brilhantes.
Fui uma excelente estudante e, por isso, tive a distinção de ser convidada para participar da cerimónia. Aceitei e em boa hora o fiz.
Confesso, sem qualquer ponta de humildade, que me soube muito bem ver o meu nome entre os melhores. E eu, que não sou passadista, comovi-me ao ver desfilar, em projecção, nomes e retratos de pessoas que me marcaram profundamente.
Apraz-me salientar Etelvina Torroaes Valente a minha primeira chefe no meu debute no mundo laboral, à qual estarei, para sempre, muito grata. 
Depois, os Professores Bento Murteira, Luis Teixeira Pinto, Jacinto Nunes, Silva Lopes, Bento Jesus Caraça, Sedas Nunes e tantos outros que me deixaram a sua forte marca.
O ISCEF - Instituto Superior de Ciencias Económicas e Financeiras - fez de mim alguém que sabe pensar e que ainda tem prazer em estudar. Parece pouco, mas afinal é quase tudo!

HSC

12 comentários:

sandrine disse...

Gosto de pessoas assim... simplesmente simples. Gosto das pessoas que valorizam os mestres, os verdadeiros mestres (não importa a área de trabalho/estudo...) que deixam em nós a mensagem. Gente de alma, gente com alma...
Gosto simplesmente...

Lelé Batita disse...

Muitos parabéns Helena. Considero-a uma mulher excepcional! Um abraço.

Isabel Seixas disse...

Continua de parabéns...
Também acredito que bons mestres fazem bons pensadores...
Partilho decididamente a sua definição de quase tudo,sendo que o quase é a nossa liberdade individual de fantasia a deixar-nos Ser...
Abraço

Vânia disse...

Cara, Dra Helena, escrevi-lhe ontem uma comentário a este post mas não tenho a certeza de ter chegado, já que a minha conta google estava desactivada sem eu ter dado por isso.

Enfim, resumindo a mensagem de ontem, queria apenas dizer-lhe que concordo inteiramente com a D.ª Sandrine: também gosto de pessoas simples sem, contudo, serem simplórias. Pessoas grandes, assim: como a senhora. E é por isso, que um dia, quando chegar a hora do balanço, entre a restrita mas forte lista de pessoas que me inspiram constará o nome HELENA SACADURA CABRAL (conhece??) é uma senhora fantástica e uma pessoa com quem temos muito a aprender: pela idoneidade, pela frontalidade, pela auto-confiança e pela coragem de assumir o valor que tem, sem falsas modéstias (e talvez seja o ponto onde devemos focar a nossa atenção já que o povo Português, agarrado ao Fado e à Sina, se lança para o precipício da falsa modéstia e acaba por não assumir o valor que tem, acabando inconscientemente por assumir complexos de inferioridade e a ideia de que nunca chegaremos a lado nenhum - fosse o Vasco da Gama assim e ainda não teríamos chegado à Índia) mas a Senhora mostra-nos que são possíveis voos mais altos (pode ser que seja de família ;) , a senhora faz ver a muitos jovens que com determinação alcançaremos os que ambicionamos.

Chegou então a hora de dizer Obrigada (e por isso insisti no envio do comentário) porque não queria perder a oportunidade de lhe agradecer.

Agradecer por ser a pessoa que é, uma pessoa vertical, fiel a valores, obrigada por me mostrar que é possível ultrapassar todos os obstáculos, obrigada por esse sorriso contagiante, que até já me arrancou alguns risos, obrigada por esse brilhito nos olhos (brilho que só tem quem gosta de viver) e já agora obrigada por este blogue onde nos vai esclarecendo acerca da sociedade e onde nos faz pensar.

Obrigada, por tudo isto.
Um grande abraço

Vânia Batista

Anónimo disse...

Olha eu aqui a bater palmas.;-)

Se soubesse levava uma grupinho com t-shirts com a cara da Helena.

E gritava " Helena,Helena".

Beijinho ( gosto de si ;-))

erva doce

Lena Lara disse...

Acho bem que se celebre quem foi excelente. Parabens!
No entanto, parece-me que nem todos aprendem muito nessa escola, foram poucos os economistas que nos avisaram sobre a crise e o sistema podre e disfuncional que a criou antes dela lhes rebentar mesmo na cara.

Silenciosamente ouvindo... disse...

É bom vlorizar os mestres(o que alguns governos tentaram destruir)
e é bom ser como a senhora, cheia
de vitalidade, boa disposição e
estar sempre a estudar.Grade
exemplo de uma mulher portuguesa.
Bj.
Irene Alves

Helena Sacadura Cabral disse...

Cara Lena Lara
Alguns economistas - e foram bastantes -, avisaram.
Mas quem manda e quem executa, são os políticos... alguns, infelizmente, saídos desta escola!

Clara Luxo Correia disse...

...é "por estas e por outras" que há um ano atrás lhe disse: "Admiro-a muito como economista". Muitos Parabéns! (Foi hoje publicado o meu pequeno texto no jornal "O Despertar" - jornal quase centenário de Coimbra - e na 2ª feira terei a grande Alegria de lhe dar um exemplar). Um beijinho.

Mena disse...

Parabéns Helena!
Por ser quem é;
mostrar que tem muito orgulho de si própria;
gostar muito de si;
e
rir-se de si mesma!
Só podia ser uma grande MULHER!

Unknown disse...

É para isso que trabalhamos todos os dias. Para continuar a satistafazer e a servir bem quer os actuais quer os antigos alunos.

Parabéns Dr.ª Helena Sacadura Cabral pelo seu excelente percurso académico no ISCEF, actual ISEG, e brilhante carreira profissional.

Além disso, mãe e portuguesa de referência.

João Duque
Presidente do ISEG

Helena Sacadura Cabral disse...

Prof. João Duque
Eu é que agradeço as suas palavras e a oportunidade que me foi dada de revisitar, com prazer, a escola onde me fiz e a relembrar aqueles que me ensinaram a gostar de Economia. Bem haja!