domingo, 20 de maio de 2012

Alguma dúvida?


Seguem-se as ultimas afirmações de quem pode e de quem sabe:
Angela Merkel
A Alemanha e a França não têm divergências sobre a necessidade de apoiar o crescimento.
Paul Krugman
Considera inevitável a saída da Grécia da zona euro pois nenhuma das soluções até agora propostas é uma verdadeira alternativa.
Durão Barroso
A Europa fará tudo o que for possível para manter a Grécia na Zona Euro.

Alguma dúvida?

HSC


11 comentários:

Vânia disse...

Eu tenho:

Porque é que não deixaram o sr. Hollande ao lado da sr.ª Merkel???

Tinham que se pôr no meio??? Assim alto (bem mais alto que Hollande e Merkel) tapa as vistas...

;)

Agora a sério, está visto que eles não se entendem: Krugman considera que a Grécia deve ser excluída da zona Euro, Barroso postula e defende que se devem fazer todos os esforços no sentido contrário.

Agora, quanto à convergência entre França e Alemanha, quanto a isso não temos dúvidas, não.

Obrigada, Drª Helena por nos manter a par e esclarecidos

Vânia Batista

Lena Lara disse...

Quando se vem a saber que a Angela M. foi politica no tempo do comunismo na Alemanha do Leste nem vale a pena comentar.

Um Jeito Manso disse...

Olá Helena!

Eu a única coisa que tenho a dizer é que, neste grupinho, o mais giro é, sem dúvida, o Barack.

Tirando isso, apetecer-me-ia dizer-lhes que se organizem mas como ninguém me dá ouvidos, deixo-me estar caladinha aqui no meu canto.

Um beijinho, Helena.

Raúl Mesquita disse...

Como é que se pode duvidar da burrice? Por outro lado, les jeux sont faits por quem não é nem burro nem bom.

Tenho dito, Cara Helena!

Raúl.

(c) P.A.S. Pedro Almeida Sande disse...

Muita vezes critica-se a Europa na sua dimensão de UE de ser a responsável da crise. Fica no entanto demonstrado que o problema Europeu é um problema de intergovernamentabilidade e não de comunitarização.
O problema Europeu é um problema estratégico se comparando a União com uma grande empresa. Falham a estratégia global porque a nível de alguns departamentos a visão estratégia não se coaduna com a visão estratégica geral.
Felizmente que um cliente e fornecedor extra Europa, uns dos poucos que atemoriza o "departamento produtivo alemão", puxa as orelhas ao departamento Alemão que entrava "a empresa Europeia". Pode ser que assim, Merkel, filha de pastor Luterano, filha de uma Europa a Leste, compreenda que prestou um mau serviço à Europa ao utilizar argumentos pouco unionistas perante os seus cidadãos para se manter internamente no poder, distanciando os seus cidadãos do projecto Europeu (o único capaz de manter os povos Europeus com algum futuro e agregados).

ves disse...

A Srª Merkel, está a precisar de um bocado de austeridade!!!

Está a ficar muito gorda...., o casaco não lhe assenta nada bem!!

Quanto ao Sr Krugman é só mais uma opinião. Sabe-se lá quanto terá recebido por ela?

Silenciosamente ouvindo... disse...

Realmente olhando para a fotografia:
são estas pessoas que "governam
o mundo"...Que horror!!!
G8 que coisa estúpida....
Não confio em nenhum, deles...
Obrigada por aqui ter colocado
a fotografia e o texto. Será
que permite que copie para
colocar no meu blogue?
Bj

Helena Sacadura Cabral disse...

Cara Silenciosamente
Claro que pode!

Helena Sacadura Cabral disse...

Cara Jeitinho
É verdade. Mas também com uma amostra destas até o Zé do Telhado era lindo!

Observador disse...

Tenho todas as dúvidas.

Constantino Santos disse...

Mas não vos parece que as decisões já estão tomadas e que esta foto é como a política que vamos vendo e ouvindo: apenas um taipal, mais ou menos bem pintado, para tapar os andaimes?
E j'agora, se não levam a mal, como é que a "europa" sai duma crise desta dimensão só com políticas financeiras? Onde estão as referências humanas? Já olharam para a demografia europeia?! Então? Não acham que estes números falam por si mesmos? Boa semana.