sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Mundo cruel



"... Na Grécia, há cada vez mais famílias a abandonar os filhos. Deixam-nas à porta de igrejas, na escola, em instituições de solidariedade, entregam-nas para adopção. Dizem que não as podem sustentar. Não estamos a falar de cães abandonados por famílias que já não conseguem pagar a ração (o que também é uma dor). Não. Estamos a falar de crianças. Crianças a serem abandonadas. Famílias desfeitas, empobrecidas, a desfazerem-se das suas crianças.
Crianças abandonadas com um papel da mãe a pedir desculpa, a pedir que tratem bem da sua cria, a justificar que já não tem como continuar com ela.
Doloroso, doloroso.
Que desespero não está por trás de um gesto destes?
Nem consigo pensar numa coisa assim. Eu morria."

Esta foto e este texto foram retirados de um dos meus blogues de eleição: umjeitomanso.blogspot.com.
Dizer algo mais seria pura redundância!

HSC

10 comentários:

Raúl Mesquita disse...

Não será só a falta de dinheiro, Helena, é a degradação a que a miséria leva, não será? Insisto, a Europa em vias de americanização vai no pior dos caminhos. Coisas como estas vão ser quase corriqueiras. Podemos para a tempo? Sim, talvez, não? Com os governos europeus actuais, definitivamente não!

Raúl.

Anónimo disse...

Um grande Blogue e este texto e o Post onde estava é para reflectir. Será que quem nos governa lê este tipo de excelentes textos? Pois se não, deviam faze-lo.
P.Rufino

TERESA SANTOS disse...

Há dramas para os quais não há palavras. Este é um deles.

Que estas crianças algum dia consigam perdoar à sociedade que a tal sorte as condenou.

Abraço.

Catarina disse...

O desespero incalculável que leva alguém a tomar uma atitude destas assusta-me. Faz-me reflectir no que o ser humano é capaz de fazer quando se vê confrontado com situações extremistas.

tetisq disse...

Nem imagino o sofrimento e desespero com que alguns pais o fazem, no fundo para garantir a sobrevivencia dos filhos a quem não teriam como alimentar...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Querida Helenamiga

Belíssimos: o texto e a foto. Parabéns à (ao) Autora (Autor) e a quem os escolheu - tu

E manda a morada de correio para te enviar a mini-lembrança pré-goesa. Obrigado

Qjs

Um Jeito Manso disse...

Querida Helena,


Custou-me tanto reencontrar este menino tão triste. Nem imagina como esta notícia me deixou. É uma coisa que me abalou mesmo. Custa-me imaginar um sofrimento assim, imenso, sem tamanho. Como foi que nos deixámos chegar aqui, não é?

Muito lhe agradeço o eco. Nunca será suficiente - mas se muitos de nós conservarmos a capacidade de nos indignarmos perante indignidades destas, talvez um dia as coisas mudem no sentido de uma política mais humanista.

Um beijinho agradecido, Helena.

DL disse...

E pensar que as mesmas políticas que destruíram a sociedade grega estão agora a ser aplicadas em Portugal. Isto depois de nos ter sido prometido em campanha que não ia haver mais austeridade...

diogo disse...

enquanto os políticos de barriga cheia continuam a roubar o que podem ...
triste sociedade esta em que vivemos

Mar disse...

Fiquei sem palavras,e so consigo pensar nestas criancas, na sua dor e humilhacao. Como mae jamais me passaria pela cabeca entregar um filho meu,preferia morrer e eu com eles, mas certo seria lutar ate a morte. Pobres criancas deste mumdo cao, filhos de uma sociedade desumana, acefala e Hitleriana.Ja nao e preciso gastar energia a acendar os fornos, agora ainda ee mais facil destruir o Ser Humano e toda a gente conhece estes Hitler's e toda a gente finge nao saber nem ver.
Bem fez a sua amiga e a Helena em divulgar,e mais e mais ee preciso
que denuncie-mos estas barbaridades.
Por mim Obrigado.