sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Orçamento 2012?!


Ontem, já bastante cansada e porque me pareceu haver grande alarido no andar de baixo, liguei a televisão para abafar o som. Convivo mal com querelas ou discussões e o que precisava, era mesmo, "sopas e descanso".
Qual não foi a minha surpresa quando, de repente, no quarto, oiço a discussão disparar na minha cozinha. Atónita, fiz marcha atrás, para ver o que se passava. Então não é que o que eu supusera ser uma querela doméstica não passava de uma querela na Assembleia da República onde Basílio Horta, aos gritos e algo mais, disparava contra o Ministro da Economia, a propósito não sei de quê, porque apanhei a disputa já a meio?
Nem percebi quem tinha ou não razão. Sei que com tais modos e ataques pessoais, ninguém pode ter razão. Será que o conceito de tribuno ou de deputado ou do que lhe queiram chamar envolverá, obrigatoriamente, este tipo de espectáculo?
E depois destes exemplos, admiram-se que os alunos tenham para com os professores comportamentos censuráveis?
Basílio Horta, cujo currículo profissional o coloca entre os melhores do país, está agora na bancada do PS. Ao que me lembro, veio da estrada da direita, que terá abandonado em 2001. Sempre o tive por homem educado. Como é que, com a experiência que possui e a idade que já tem, cai em tamanha esparrela?!

HSC

8 comentários:

rosaamarela disse...

Pois, aqui Tb , tenho que lhe dizer que se está a generalizar, os mais velhos foram apanhados desprevenidos...

MEDO!
BfdS

ERA UMA VEZ disse...

Até parece ser alguém que trabalha.
E com entusiasmo.

No entanto ainda não esqueci como também me surpreendeu pela negativa há anos atrás na sua campanha presidencial, onde usou uma linguagem imprópria e deplorável.

É uma pena de facto. O momento é tão grave que merecia mais respeito de todos!!!

Anónimo disse...

Não percebo como se pode afirmar que BH ´competente e que trabalha muito !

O que é que o Homem fez de estraordinário ???

Só se for pelo ordenado que cobrava ??? Ai sim eram grandissimo com algumas reformas em acumulação! SE for isso "fine" !

sobre o alarido , eu vi que ele não teve quaisquer argumentos válidos e na fase do desespero entrou pelo jogo baixo e insultuoso que qualquer deputado de taberna sabe fazer !
Não havia necessidade de cobrar elevadissimos ordenados para estar sentado naquelas cadeiras e ainda por cima desdenhar do seu interlucotor com argumentos juncosos de arruaceiro.
Portugal está cheio disto!!! Acho que o Otelo Saraiva de Carvalho também tinha lugar naquela bancada!


Ogam

Anónimo disse...

Não me surpreende. Há muito que este sr. perdeu uma certa compostura. Só ficava a ganhar com um pouco menos de empáfia.
A idade costuma ser boa conselheira, mas pelos vistos...
Bom fim de semana.

Anónimo disse...

Era Uma Vez tem razão porque Basílio Horta quando foi candidato presidencial resvalou para a má educação e falta de civismo político.

Há poucos anos, tive contacto com BH através de uma iniciativa profissional e não fiquei com a melhor das impressões... que veio corroborar que currículo profissional tem, educação dúvido (e um pouco prepotente!).

Isabel BP

Paulo de Abreu e Lima disse...

«Basílio Horta, cujo currículo profissional o coloca entre os melhores do país»

Caríssima Helena, noto que na frase supra utilisa a palavra "melhores" como substantivo. Mas deveria ser como adjectivo qualificativo de um outro substantivo. Que não menciono porque não me apetece ser eventual alvo de processo por difamação. Em suma, não aprecio a figura e não tem a ver com a sua trajectória política, mas com o seu obscuro modus operandi. A forma só põe a descoberto o conteúdo.

Mar disse...

Tem graca, nunca tive este senhor por bem educado ou interessante o seu discurso. Ha coisas que com a idade so pioram. Bjs

Histórias de Nós disse...

Eu então nem consigo ver as notícias em que nos mostram o que se passa habitualmente na nossa Assembleia... Em vez de discutirem seriamente e concretizarem sobre os temas que realmente interessam ao nosso país, preferem andar em picardias pessoais e despiques do género «vamos lá ver quem leva a bicileta»... Uma frustração, para não dizer pior!
Thanks God it's friday ;)