quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A minha mais curta ousadia...

Fiz há dias um post sobre a minha ousadia de participar no programa Moeda de Troika, juntamente com Rita Ferro e Herman José.
A ousadia foi de pouca duração visto que a partir do próximo Domingo já não farei parte da equipa. À qual, é evidente, continuo a desejar muito sucesso e longa vida.

HSC

25 comentários:

rosaamarela disse...

PENA!!!

voltei a ver e a gostar, sabe pq? ... começo a estar cansada de "economistas de bancada", se já sabem que a situação na nos vai levar a lado nenhum pq insistem???

PRECISAMOS URGENTEMENTE de gente CULTA e educada que digam futilidades e nos façam rir.

Paulo de Abreu e Lima disse...

Com muita pena nossa! E só a "perdoo" porque acredito que os seus motivos terão sido muito bem aquilatados...

(Desabafo: ...que pena!!!)

tetisq disse...

Vi o primeiro programa e achei muito interessante. Deviam existir mais espaços de boa conversa na TV com a sra a ocupar um deles...Espero assistir a outros projectos seus, boa sorte em novas "ousadias"...

Anónimo disse...

Este post entristeceu-me. Segui atentamente as duas primeiras edições do programa e a sua presença contribuiu largamente para isso. O que se passou?
Felicidades.

Anónimo disse...

Não lhe sei explicar...mas até fico feliz que não participe. É um ser em demasia, pela positiva, para o quadro apresentado no programa "Moeda de Troika". Estou certa de muito melhores convites com uma participação grandiosa, aliás como lhe é conhecida e habitual. Bem haja.
Margarida

Pusinko disse...

É pena, que o programa tinha pano para mangas (compridas). Nao tenho tv, mas acompanhei no youtube e gostei da forma como foram abordados.
Venham novas aventuras, entao :)

Pôr do Sol disse...

...pois não me surpreende, também na cozinha, há misturas que não resultam. Temos pena.

Marta disse...

Gosto imenso de si, mas o Herman e a Helena não deixam espaço nenhum à Rita Ferro que, coitada, mal abriu a boca (pelo menos, no programa a que assisti!). Boa sorte para outras ousadias!

Helena Sacadura Cabral disse...

Cara Marta
Só deve ter visto o primeiro em que a Rita ainda estava pouco à vontade. No segundo já isso foi corrigido.
E agora espero que os três resplandeçam como merecem!

Octávio Meira disse...

Só más noticias ...
Vi o programa duas vezes! Adorei ... e gosto das vossas conversas em que se fala de tudo e de nada!!!
Obrigado pelos momentos de inteligência e boa disposição que partilharam.

OM
Esposende

Dri disse...

Boa noite, vi os dois programas e adorei. Lamentável o seu desaparecimento da equipa do mesmo. acredito mesmo que a essência do mesmo se desvaneça.
espero que apareça em novos projectos.

Tita disse...

Que pena! Não vejo muita televisão, mas vi ambos os programas e achei-os simpáticos. A Helena esteve bem em ambos, e a Rita muito melhor no segundo, o que o tornou mais equilibrado.

Provavelmente, nunca saberemos as razões da mudança de que nos está a dar notícia. Porém, tenho dúvidas de que a Helena seja substuída por alguém que, a um só tempo, reuna a sua inteligência, a sua cultura, o seu humor de bom gosto e, last but not least, a sua graça...

Enfim, muitos ficarão a perder. Entretanto, ficarei à espera de que continue a partilhar esses talentos connosco, neste tão recatado cantinho.

Tita

stiletto disse...

Só me apraz dizer: Oh!

Um Jeito Manso disse...

Helena,

Não sei em que momento do programa, talvez quando constatou que nenhum assunto chegava ao fim, ou quando não conseguiu falar do Dexia, ou quando mostrou espanto por uma ou outras intervenção, pensei que aquela não fosse, talvez, exactamente a sua praia.

Tenho pena mas talvez tenha resolvido bem.

Mas, como há mais marés que marinheiros, acho que voltaremos a ter o prazer da sua presença um dia destes.

Felicidades e anime-se.

Histórias de Nós disse...

Não queria acreditar neste post! Pois então se é a Helena que ansiamos por ouvir, as suas análises/opiniões incisivas, o sorriso fácil..? Muita, muita pena...

Anónimo disse...

Eu acompanhei os dois programas. Gostei do primeiro programa, mas o segundo, sinceramente, não me motivou a querer ver o próximo.

Principalmente pelas constantes intervenções do Herman, pois "abafa" e "corta" todo o raciocínio de uma discussão.
Apesar de o considerar um excelente humorista e uma marca no humor nacional, penso que lhe tem faltado para o programa alguma humildade e respeito no contacto com os outros e deixar de rodar toda a discussão do programa nas suas intervenções (interrupções). Afinal não se "discorre" por diversos temas, mas dispersa-se em diversos temas. Que para mim, enquanto espectador, admito, torna mais difícil acompanhar o programa.
(Isto já para não falar de se atenderem telefonemas a meio).

Se calhar tenho uma visão diferente ou demasiado conservadora de um programa descontraído em televisão. Mas não deixa de ser uma opinião.

Realmente é uma pena a Helena já não poder estar presente no programa, pois considero-a uma mulher muito pertinente e perspicaz nas análises que faz sobre a actualidade. O que, sem duvida, irá empobrecer o programa.

Mas espero revê-la em breve em mais projectos ousados :D

Cumprimentos,
João David

AL disse...

Fez bem em deixar o programa e Herman José também faria bem em o deixar, para bem da sua carreira passada e futura. Já agora diga à sua comadre Mariateresa Horta que a Maria João Lopo de Carvalho também tem direito de escrever sobre a Marquesa de Alorna, até porque escreve bem.

Helena Sacadura Cabral disse...

Caro/a AL
Não sou comadre de Maria Teresa Horta que não conheço, mas sim da Maria Velho da Costa.
Já li o livro da minha querida amiga Maria João Lopo de Carvalho e não li o de MTH.
O livro da Maria João é uma meritíssima obra sobre a qual falarei em breve neste blogue.
E, claro, só os intelectuais da pacotilha é que entendem que a Marquesa de Alorna não poderia ser objecto de várias biografias.
Esclarecido?

Quanto à saída da Moeda de Troyka, essa é outra história. Saí porque entendi que devia fazê-lo. Mas desejo ao programa e à minha substituta os maiores sucessos.

maria disse...

Fez muito bem em saír do programa. A Rita Ferro é uma desbocada e o Herman idem aspas...
Merecia estar num programa diferente.Espero qnue seja convidada em breve.

Anónimo disse...

Fico com pena pois via o programa só para a ouvir a si.
Mas continuarei certamente a ler o seu blog de que muito gosto.
Obrigada por se dar ao trabalho de continuar a escrever.

Nucha disse...

Helena,
Fico feliz por ter saído!
Que importa se foi breve se continua a ser uma Senhora? Saiu como tal e isso agrada-me imenso.
Abraço,
Paula

ERA UMA VEZ disse...

Tenho muita muita pena...
Estava a gostar mas "quase" percebo porque se vai embora...

(Há pessoas assim...dificilmente aprendem com os erros.Mesmo tão repetidos...)

Acho que me entende.
Um abraço grande!Não faltarão oportunidades. Fico à espera.

Anónimo disse...

Fica tão bem aqui neste cantinho
da blogosfera! Que continuem as
suas sábias opiniões escritas, que
também é muito bom.
M.Júlia

AL disse...

Vejo que concorda com a minha opinião de que a sua amiga Maria João tem o mesmo direito que a sua desconhecida MTH de tratar o tema, e que bem o trata, -Marqueza de Alorna. Ainda bem que "falei" e ainda bem que não sou o único a pensar que fez bem em sair do programa.

Paulo GMC disse...

É claro que é uma pena. Talvez por mero acaso, a coisa funcionava bem, num registo feito de inteligência, humor e "insurrectismo" qb. Não era o melhor programa do mundo, mas era bem mais agradável do que a maioria neste formato. Utilizo o tempo passado porque o programa morreu, claro. É assim, fica uma boa tentativa enigmaticamente terminada. Boa oportunidade para imaginar mil conspirações horríveis... Felicidades, Helena.