terça-feira, 30 de agosto de 2011

A primeira vez...


Na nossa vida há, por estranho que pareça, várias primeiras vezes. Tenho, ainda, a ingenuidade de lhes atribuir sempre um significado especial. Mas, para contrabalançar, sou "turra" e só desisto quando percebo que não tenho mesmo qualquer "chance" de ganhar. Como se pode calcular esta característica trouxe-me, ao longo da vida, grandes alegrias e algumas derrotas. Ou seja, fez-me!
Quando ataquei esta inovação tecnológica de que vos falei, o empregado olhou para mim e disse-me que, se quisesse, tinha a opção de trabalhar com o Windows no Mac. Porque a versão que o "bicho" trazia só era válida por, julgo, vinte e oito dias. Assim, se não me adaptasse, ao comprar a versão definitiva, poderia fazer uma escolha diferente.
O que ele me foi dizer?! Adoro desafios e ele acabara de me lançar um. Julgo que já terei chegado às vinte e quatro horas de labuta. Mas não desisti. O primeiro round está ganho!
Esta primeira vez foi difícil. Aliás, como tantas outras por que já passei. Mas julgo que estou a caminho da vitória porque, depois de um imenso esforço, venci o medo. E era este que me estava a condicionar e a fazer-me manter abertos os dois computadores. Hoje o velhinho tem estado fechado e eu sinto-me a ganhar terreno...

HSC

Nota: Se algum dos defensores do Mac souber dizer-me se há um manual sucinto para iniciados nesta nova ciência, por favor dê sugestões...

10 comentários:

Margarida disse...

Brava!

Abreijo...

Alcipe disse...

Não há nada melhor que o mac!

wine, wine and more wine.. disse...

Ola, manuais nao sei se ha, mas tenho o meu imac, igual ao seu, ha mais de 4 anos, nunca deu problemas e e mt facil de funcionar com ele.....no principio estranhamos mas depois habitua-se e nao se quer outra coisa.
boa sorte!!!

gralha disse...

Vai ver que se habitua num instantinho. A única coisa que continuo a usar, depois de anos de Mac, é o Office.

Nuno Santos disse...

Olá Helena :) Costumo visitar o seu blog com alguma frequência, mas é a primeira vez que deixo aqui um comentário. Também eu uso Mac, por isso congratulo a sua escolha, que foi para melhor! No site da Apple, na barra de títulos cinzenta que aparece no cimo da página, no separador 'Support' (ou 'Ajuda' - note que, por defeito, quando abre o browser Safari, o site da Apple é a sua página home), pode clicar no produto Apple que tem e sobre o qual quer perceber melhor o funcionamento, bem como seguir a ligação 'Video Tutorials', que apresenta uma série de vídeos explicativos do funcionamento de um Mac (assim, pode ir experimentando e aventurar-se pelos conteúdos do seu Mac ao mesmo tempo que vê como aproveitar melhor o computador). Também pode desbravar a quantidade extensa de vídeos tutoriais que o Youtube dispõe, procurando-os por 'Mac Tutorials' ou 'Tutorials for Mac', por exemplo.

As melhores felicidades para si, junto do seu novo "brinquedo". Para mim, é-me um ferramenta de trabalho preciosa; pouco tempo depois de o comprar, já me faz confusão o Windows...

Cumprimentos,
Nuno.

João Soares disse...

Cara Helena
Também eu há algum tempo venci receio e investi num Mac e agora não quero outra coisa.
O sistema é completamente intuitivo (pelo menos para as tarefas mais correntes) e comigo costuma funcionar pensar "como é que seria bom que isto se fizesse?", geralmente faz-se da forma que eu gostaria que fosse feito... experimente!
Além disso ajudou-me bastante, pelo menos numa fase inicial, alguns tutoriais da apple (www.apple.com/pt/findouthow/mac/), onde até pode encontrar um específico para quem troca PC por Mac.
Boa sorte, vai ver que é muito mais simples do que parece.

Cumprimentos,

João Soares

Ana FVP disse...

Vou iniciar uma relação sólida (e esperemos que duradoira) com um computador da Apple. Revejo-me nos seus posts...

DL disse...

Bom dia,

Também fiz a mudança há poucos meses, e não foi difícil. A primeira coisa a fazer é ir a "System Preferences" e configurar o seu rato ou "trackpad" de acordo com a sua preferência. Não sei se tem o "magic trackpad" (http://www.apple.com/magictrackpad/), mas se tiver ele permite fazer muita coisa com apenas alguns movimentos ou toques dos dedos (p.ex. ampliar e rodar imagens).

Além das sugestões dadas noutros comentários, pode ver o site http://www.danrodney.com/mac/index.html.

Como sempre a regra de ouro é gravar sempre o trabalho (combinação de teclas CMD+S) e fazer salvaguardas frequentemente.

André carvalho disse...

OLá Helena,
Parabéns pelas palavras, e pela entrevista no 5 para a meia-noite.
O que eu me ri, com a sua boa disposição, e boas respostas.

Comecei pelo pc em 99, desde 2001 que não consigo mais mexer nesse bicho (o bicho papão é o pc, o mac é bicho amigo).

No mac não vai precisar de manuais, tem um "help" no menu, na sua barra de cima. De qualquer maneira, é super intuitivo e muito lógico, além de não fazer o caracterisco barulho dos pc's (parece que está a fritar batatas)

:))

Isabel Seixas disse...

Nunca me apeteceu tanto um Mac sem ser donalds...

Isabel seixas