terça-feira, 10 de maio de 2011

Os corações!


Há corações imensos que a cada batida espalham bem estar e satisfação aos que estão à sua volta. Eu tenho a felicidade de conhecer alguns que habitam a lista dos meus amigos. Dqueles que tratam o meu coração e daqueles que mo entregam.
Como podem adivinhar, com a família que tenho, o meu, tem andado muito atarefado a bombar mais depressa do que o habitual. Cada debate, cada bombada. Mas penso que os meus irmãos, as minhas cunhadas, os meus cunhados e os meus sobrinhos, perto ou longe, estão sempre comigo e não menos acelerados. Sem eles eu não era ninguem nestas alturas.
Mas agora eu quero falar dos corações que andam por aí, soltos, e que, de um modo surpreendente ou inesperado, se cruzam com os nossos. De todos os que me acompanham neste blogue, alguns tornaram-se muais próximos. E desses, saliento três mulheress com quem estreitei relações de estima. Nem mais. Recentes mas, curiosamente, com o afecto de quem se conhece há tempo.
Hoje, exactamente hoje, em que eu precisava de um mimo, uma delas fez chegar às minhas mãos uma caixinha recheada de corações. Como quem adivinha que era isso mesmo de que eu carecia. Minha querida Maggie, que bom foi tê-la encontrado através deste Fio de prumo!

HSC

16 comentários:

Margarida disse...

:))))
A alegria é minha!
Tem sido especial (como sabe) e indispensável.
Por isso, e em nome de tantos, faça o favor de se cuidar...
Amachuque o de borracha, prove o de chocolate, perfume-se com os 'da Margarida' e sonhe serenamente com todos os outros que giram na sua órbita luminosa.
Que se multiplicam a cada dia como estrelas no firmamento e que, pelo seu afecto, ainda são mais belos!
Até logo e abreijos!
:))

Gaivota Maria disse...

Os nossos corações estão todos a bater com o seu para lhe dar força.

Era uma vez disse...

Olá Helena!
Tenho pena de ainda não fazer parte das amigas que conheceu por esta via( quem sabe um dia?)

Comecei há muito pouco tempo a partilhar ideias e sentimentos na blogosfera
Não sei pois se já adquiri "legitimidade" para lhe enviar uma caixinha de "Bora aí para cima" para juntar aos simpáticos corações.
Vai correr tudo bem. Tem de correr,seja lá o que for. Um abraço ainda que virtual.

Anónimo disse...

Cara Helena, um xi-coração apertadinho e muito virtual da Isabel BP.

Fada do bosque disse...

Um coração rodeado de tantos outros corações que lhe querem bem, sai da adversidade fortalecido. Isto não é uma esperança, é uma certeza absoluta que me permito dar e!... se me permite! :)
Um abraço apertado!... e tudo vai correr pelo melhor!
Todos lhe queremos bem e só registados no blogger são 529... fora os que não estão!

Anónimo disse...

realmente...ser mae de dois politicos não deve ser facil....

Mas que raio! tinham logo que ser os dois :-)

Anónimo disse...

Querida Helena,
Tal como o comentário anterior, seria veleidade minha considerar-me sua amiga, mas uma coisa é certa: sou sua fã e por isso também estou aqui para a "confortar".
Entendo-a como mãe e como deve bater o seu coração: os filhos são todos tão diferentes e no entanto são uma misturada de nós e são tão nossos!
Hoje, por motivos vários, o meu coração também está apertadinho, mas há-de passar.
Receba um abraço aconchegado no coração.
Benedita

marianinha disse...

Nem sabe a sorte quem tem Helena ter amigos nem todas as pessaoas se podem dar a esse luxo e o dizer de coração aberto.
Eu não tenho amigos,acho que nunca tive,aliás nunca tive mesmo pois os que se diziam amigos nos momentos dificís nunca estavam lá.
Eu tenho ataques de pânico ou aliás tinha porque agora já estão controlados.Mas quando os tinha não tinha lá ninguém a não ser a minha mãe,mas mãe é mãe acho que nunca chegam a ser nossas amigas no sentido de amigas porque no outro sentido são as nossas melhores amigas.
Nem sabe a sorte que tem eu por não ter amigos tornei-me uma pessoa muito solitária e revoltada,mas tento dar sempre a volta por cima e pensar que o dia de amanhã vai ser melhor do que de hoje.
Ontem passei pela fnac e li um pouco do seu livro que pelo que li é lindo por isso estou ansiosa de que chegue as minhas mãos o meu exemplar com uma dedicatória sua espero que não se tenha esquecido de mim.

Um abraço e um beijinho

Mariana

Paula disse...

Coração de mãe anda sempre atarefado. Espero que prepare o seu para ser "a mãe da nação". É uma designação que lhe assenta na perfeição!! Por mim já está adoptada.

Helena Sacadura Cabral disse...

A todos muito obrigada pela força!

Marianinha por favor mande-me de novo o seu endereço e o da biblioteca. No meio dos comentários todos receio não o encontrar.

Sofia disse...

Querida Helena,

Ontem adorei conhecê-la. Só pude certificar-me que é tão maravilhosa como quando a leio. Resolvi agradecer-lhe e felicitá-la neste post dos corações. O meu tem andado em baixo mas por instantes encheu-se pela sua presença. Nem imagina como me deu força e como nos outros tantos dias vou buscá-la às suas palavras.
Mais uma vez obrigada e parabéns

Ass: A Joana que pediu uma dedicatória para o João do Apolónia

JCosta disse...

cara Helena, estava no computador de uma amiga e foi associado a uma sofia.

Joana Costa

Helena Sacadura Cabral disse...

Marianinha
Na próxima segunda feira seguirão os livros prometidos!

marianinha disse...

Helena muito obrigado de coração tanto eu como a dra.Natália gradeçemos de coração,muito obrigado.

Beijinhos

Mariana

pôr do sol disse...

Querida Helena,
Permita-me tratá-la assim, pois desde há muito que sigo as suas obras e a admiração que sinto por si, pela sua lucidez, força, caracter e verticalidade(própria de um genuino fio de prumo)faz com que me inspire uma grande ternura.
Numca escrevi a figuras publicas, nem na idade em que todos têm idolos.
Hesitei muito em escrever-lhe, pois já deve ter lido tudo o que de bom lhe posso dizer, contudo senti vontade de o fazer quando há dias desciamos ambas a R S Domingos entregues a nós próprias. Não me atrevi a interromper os seus pensamentos e com um abraço pedir-lhe que volte mais frequentemente à tv, como fazia no Fatima Lopes, e com as suas crónicas,(porque não estas do blogue?)contribuir para que todos tenhamos uns momentos de interesse,cultura e muitas vezes alegria, nesta tv tão desinteressante.
Cuide do seu coração, que como também mãe imagino como andará.
O motivo principal, é no entanto dar-lhe um calido abraço e um obrigada pelo que nos vai dando aqui.

Helena Sacadura Cabral disse...

Sofia, Joana e Por do Sol, muito obrigada pelas vossas palavras.
Está quae a terminar esta cansativa etapa.
No dia 6 de Junho volto ao normal se Deus quiser!