quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Este curioso país

A comunicação social divulgou os resultados de uma sondagem feita a pedido do Projecto Farol. Confesso que o nome deste projecto me causa alguma perplexidade. Não sei se luz vem do grupo de iluminados que o compõem ou do brilhantismo dos caminhos que apontam. Mas ultrapassemos este pequeno pormenor e atenhamo-nos apenas numa parte das conclusões que, na sua crónica de hoje no Diário de Notícias, Alberto Gonçalves escalpelisa com finíssimo humor.
Pego em três desses números. Não porque sejam os mais importantes. Mas porque são reveladores de algumas características do cidadão que há trinta décadas e meia vive em democracia.
Assim, de acordo com a tal sondagem, 98% dos inquiridos desconfiam dos políticos e 90% desconfia do governo. Apesar da bonomia de tais resultados, 78% dos mesmos cidadãos entende que o Estado, de quem tanto desconfia, deve ser o grande impulsionador da competitividade e do desenvolvimento económico.
Que tal? Não prestas, não tenho confiança em ti, não és sério, mas não me abandones. Só falta mesmo dizer... deixa-me ser como tu. Se os portugueses não existissem, alguém teria, certamente, de os inventar!

HSC

6 comentários:

marianinha disse...

É incrivel como á pessoas assim eu não confio no governo nem um pouco como também não gosto do rumo que este país esta a levar.Acho que este país nunca vai para a frente pois a cada dia que passa o nosso país esta cada vez mais na caúda da Europa e isso é vergonhoso.

Ältere Leute disse...

É, é, esses estudos são sempre giríssimos! Gosto sobretudo quando as sondagens mostram que os partidos sobem, mas os respectivos líderes descem, ou vice-versa...

Fada do Bosque disse...

Andam todos sob a HIPNOSE da TV, de forma que já não sabem o que querem! Ao ver estes resultados, a Srª Merkl e seus homónimos, devem estar a esfregar as mãos... se o modelo pega na Europa toda, que é no fundo o que vai acontecer, excepto países do norte, como a Suécia ou Finlândia... Islandia e outros poucos que sabem o que querem e exigem DEMOCRACIA, a "Cortina de Ferro" pouco tempo leva para ser a Europa e escravos, sermos nós! Afinal oTratado de Lisboa é mesmoparaisso e nós somos cobaias...
A TV causa síndrome de pensamento acelerado e põe as pessoas mais tontas do que galinhas tontas... e é a arma mais poderosa a seguir à bomba de neutrões. Tem feito muito estrago! Perguntem ao Sr. Balsemão, se não é assim... ele que é um membro Bilderberg e Presidemt of a European Publisher Council. É caso para perguntar em troca de quê, tão alto cargo e tão discreto...

Fada do Bosque disse...

Desulpem as gaffes... PC perro é mesmoo assim... e não é homónimos, mas sim homólogos.
Aproveito para dizer que esse estudo deve estar bem correcto... Os Media fizeram do povo uns tontos. Desculpem mas tem de se ver do lado de fora e eu por acaso até estou, e fico boquiaberta com tanta patetice.
E Querida e Estimada Helena... este povo foi mesmo inventado! Imagine que há famílias com 5 e 6 TV´s em casa! mais imprensa cor de rosa e jornais que contêem pouco mais do que ar!... E como a tendência é para acreditar em tudo o que aparece à frente, isto vai de vento em POPA!

Mateus Maciel disse...

Texto maravilhoso, simplesmente esplêndido. Creio que seja o melhor que já li nesse blog.

Marcolino Duarte Osorio disse...

Drª. Helena, ainda bem que tudo, na vida, é relativo. Ou seja, 98% de inquiridos corresponde a que percentagem da população de Portugal...
Cumprimentos
MO