quarta-feira, 8 de julho de 2009

O G8 do nosso descontentamento

O G8 , grupo das nações mais industrializadas do mundo e constituído pelos Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Canadá e Russia, não conseguiu acordar numa estratégia comum para vencer a crise. O que significa que, apesar do problema ser comum, caberá a cada país tomar as medidas que achar mais convenientes para resolver o "seu" problema de injecção de dinheiro na economia.
Depois de dois biliões de dolares investidos em estímulos económicos começa a recear-se, agora, que isso não seja suficiente e o Presidente Obama fez eco dessa preocupação.
Ou seja embora aqui e ali haja sinais que parecem apontar para que o fim da crise possa estar mais próximo, a única certeza é, mesmo, a incerteza.
Esta falta de acordo entre os grandes deve preocupar os países mais frageis como Portugal e mostra que quando toca a rebate cada um só pensa no seu próprio fogo!

H.S.C

2 comentários:

JoãoG disse...

E que cada um navega à vista e com a sua própria vista...

hfm disse...

Um comentário não a este post, com que concordo, mas a dois abaixo. Tb eu não percebo como o tempo pode custar a passar. E sobre o tempo não teríamos tempo para falar...