segunda-feira, 8 de junho de 2009

Para já...

Para já e por cerca de três meses as campanhas acabaram. E, com elas, uma boa parte da minha inquietude. A restante será a dividir por autárquicas e legislativas mas, pelo menos, cá em casa, no futuro, será apenas uma carruagem a correr...
Consequências orgânicas do stresse por que passei, já deram sinal através do que se chama a incapacidade do sistema imunitário me defender de umas mazelas que agora começam a surgir.
Irei aguentar, claro, pianíssimo!
Por fim, um muito obrigada sincero por todos aqueles que me felicitaram duplamente. Desta vez foi particularmente duro. Há quatro anos, parece-me, custou menos. Era mais nova!

H.S.C

5 comentários:

Anónimo disse...

Sim, vamos aguardar, até mais. E quem sabe se mais surpresas nos reservarão!
De algum modo, pode dizer-se que o povo dividiu demcraticamente os ovos pelas aldeias. Todos tiveram razoáveis números de deputados no Parlamento europeu, naturalmente dentro das respectivas proporções. E agora pensemos nas férias e depois se verá! E saúde para si Helena (e parabéns por ambos os seus "infantes").
Cordialíssimo,
P.Rufino

Margarida Pereira disse...

Formidável sorriso!
Prova(s) superada(s)!
Abraço.
Sempre e sempre e sempre.

BSC disse...

E está, claro, de parabéns, e em dose dupla (embora, como saiba, eu goste muito mais das vitórias do "Portas" da direita!)

beijinhos
bsc

Lura do Grilo disse...

"Mais uma corrida, mais uma voltinha" ... como diz o Sr do Carrocel.

Helena Sacadura Cabral disse...

Ora agora lá em cima, ora agora cá em baixo...
Acho que depois do carrocel só o "vira" nos vai salvar.
Ora agora viras tu, ora agora viro eu, ora agora viram eles.
Ou, talvez, quem sabe, o malhão dançado pelos pauliteiros!