quarta-feira, 6 de maio de 2009

Da riqueza ou do endividamento?

As previsões da Comissão Europeia para Portugal em 2009, tornadas públicas em Bruxelas, apontam para um endividamento público que consumirá 75 % da riqueza e para um defice na ordem dos 6,5%.
A Comissão traça um cenário de agravamento da economia nacional até final de 2010, com um desemprego que rondará os 10%, as exportações em queda contínua, um defice de cerca de 6,7% e uma redução do investimento privado.
Tudo confirmando, portanto, as previsões já feitas pelo Banco de Portugal. Que põem mais uma vez a nu que a crise internacional só veio agravar uma crise endémica que já existia no nosso país antes dela.
Mas, apesar dos números revelados para este ano, ninguém fala de orçamento rectificativo. Porque será?

H.S.C

1 comentário:

Margarida Pereira disse...

Porque estão assustados?
Porque não há hipótese de o produzir?
Porque estão a trabalhar no efeito surpresa?

Isto tudo dá um bocadinho de medo...