terça-feira, 6 de janeiro de 2009

O nosso PM concedeu ontém uma entrevista para falar do que tem feito. Supus que a dita seria para falar do que irá fazer. Enganei-me. E enganaram-se os entrevistadores.
O Eng. Sócrates não está interessado em falar do futuro. Apenas do passado. Do dele, da obra feita, do que encontrou há três anos, do que aconteceu há trinta. Não daquele tempo que os portugueses foram obrigados a viver, pese embora uma parte dessas três décadas ter sido vivida sob a batuta de um governo socialista.
Os dois entrevistadores bem tentavam enquadrar as perguntas, passar em revista as divergências com o PR, a nacionalização do BPN, a ajuda dada ao BPP. Mas às questões postas, o chefe do governo respondia com outras perguntas...
Enfim nada que se não esperasse. E que terminou hoje com as Janeiras à sua porta.
Portugal está bem e recomenda-se. Somos mesmo, sob certos aspectos, um dos países europeus mais bem apetrechado para enfrentar a crise. E esta hein?
Lisboa, no dia de Reis de 2009

2 comentários:

Isabel disse...

Querida Helena,
gostaria de deixar um primeiro registo mais inteligente, mas para já só me ocorre dar os parabéns por este fio de prumo que já está nos meus favoritos!

Bela dos Montes

Isabel disse...

Querida Helena, queria deixar um comentário mais interessante, mas para já só me ocorre dar as boas vindas a este fio de prumo que já está nos meus favoritos. Vai ser um prazer ouvir as suas opiniões sobre a vida e de como ela corre, às vezes bem, outras vezes mal.